Domingo, 8 de diciembre de 2019

Uma Feira de Teatro, um abraço ibérico!

Esta semana, no Fundão (Portugal), terá lugar a primeira Feira Ibérica das Artes do Espectáculo. Durante três dias (27 a 29 Junho) portugueses e espanhóis estarão unidos no firme propósito de construírem o futuro através da cultura, explorando as pontes que ela promove. A ESTE – Estação Teatral (Companhia profissional do Fundão), depois de quinze anos a realizar o Festival TEATROAGOSTO, saiu da sua zona de conforto para ir ao encontro de novos e exigentes desafios e também de novos caminhos de afirmação do seu trabalho no espaço ibérico. Por estes dias, o Fundão, uma geografia de proximidade fronteiriça, será palco para a realização de espectáculos, animação, encontros comerciais e muitas conversas sobre a importância da realização de feiras do sector. A esperança encontrará acolhimento junto à Serra da Gardunha e a cidade falará a mesma linguagem artística. Portugueses e espanhóis estarão juntos pelas artes do espectáculo com uma programação de altíssima qualidade seleccionada entre as mais de duzentas candidaturas que se apresentaram à primeira chamada deste grande evento cultural do espaço ibérico. A Estação Teatral, com o apoio da Câmara Municipal, lança-se nesta aventura procurando derrubar as últimas fronteiras psicológicas que ainda teimam em bloquear territórios que precisam, mais do que nunca, de encontrar soluções idênticas para problemas comuns. As feiras de teatro e das artes do espectáculo são, desde há muito, iniciativas recorrentes em Espanha e têm-se afirmado como plataformas de dinamização do sector e de encontro de todos os profissionais no quadro da concretização e consolidação de redes que alavancam o trabalho das companhias promovendo, em simultâneo, uma estreita ligação aos seus públicos. As redes e as feiras de teatro são ainda processos muito iniciáticos em Portugal. Para além de algumas tímidas tentativas ainda não nos conseguimos conectar como o desenho de redes que permitam fazer fluir o trabalho dos criadores, alargando as possibilidades de comercialização e de captação de novos públicos. Neste contexto, esta primeira feira ibérica de teatro do Fundão tem a coragem de abrir caminho e proporcionar o palco para que portugueses e espanhóis possam estar juntos na reflexão e no trabalho, comprando e vendendo espectáculos e estimulando a capacidade criativa nas produções que possam circular na geografia ibérica sem constrangimentos ou barreiras linguísticas. Derrubando muros invisíveis mas que existem de um lado e do outro da fronteira real podemos chegar mais longe e alargar o campo de actuação e de produção. O futuro será mais risonho se nos conseguirmos entender na afirmação de um caminho comum que traga mais esperança para todos. Esta Feira acontece por vontade de muita gente e é o reflexo de um verdadeiro abraço ibérico que nos une e nos fortalece. Por isso, estamos aqui ao lado, à espera de todos os que nos queiram visitar, participando na nossa feira ibérica e, entre muitas outras coisas, descobrirem um território extraordinário que está aqui de braços abertos para vos receber.