Desenhar o futuro

Procuramos desenhar o futuro na medida dos nossos sonhos. Rabiscamos linhas no papel que depois deitamos fora uma vez que o resultado final não corresponde ao desejado. Tantas vezes a obra do artista demora uma eternidade a alcançar a perfeição. Tantas vezes tentamos desenhar o que não conseguimos. Treinamos muito mas a obra não acontece. Fazemos e desfazemos sem chegarmos ao desejado. Andamos para a frente e para trás. Para cima e para baixo. Fitamos o horizonte à espera de inspiração para desenharmos o futuro. Sonhamos com ele. Projectamo-lo na cabeça, desenhamo-lo no papel....mas ele não acontece como desenhámos e projectamos. Por vezes o que acontece encontra-se na posição contrária ao que imaginámos com cuidado e precisão. Isto não é nada de novo nem está associado a qualquer drama. Na verdade o futuro acontece em função do que fizermos no presente. E por vezes quanto menos projectarmos melhor. Em determinadas circunstâncias percebemos que o destino nos leva ao colo para onde nos quer levar. Então só temos que nos deixar levar em vez de fixarmos os pés na terra como se não quiséssemos sair dali. Quando o vento sopra temos que acompanhar o seu movimento e direcção soltando as amarras de todas as dúvidas, hesitações e incertezas que nos prendem ao cais de sempre. Noutras vezes precisamos atirar pela borda fora todos os desenhos que fizemos do futuro para fazermos outros, mais actualizados ao contexto e mais ajustados ao caminho que quisermos percorrer. E se percorremos o caminho do futuro de coração livre e alma cheia, tudo acontecerá como tem que acontecer. Se verdadeiramente quisermos viver a vida como merecemos temos que concentrar os nossos esforços nos minutos do presente, deixando espaço e descontração para nos deixarmos levar pelo que não dominamos. Desenhar o futuro não é tarefa fácil. Em determinado sentido é até uma tarefa inútil uma vez que a vida acontece agora e não num mar de incertezas. O tempo do agora é o nosso. É por isso que o temos que desenhar já na medida dos nossos sonhos do presente. Se cumprirmos bem essa tarefa o futuro acontecerá como tem que acontecer.